Inflamação: O maior regulador de crescimento muscular

Mulher_inflama%c3%a7%c3%a3o

 

INFLAMAÇÃO

A inflamação está realacionada à resposta do sistema imunológico para corrigir os danos causados nos seus tecidos musculares e se livrar de coisas que não pertencem àquela região, como vírus por exemplo. A inflamação pode ocorrer como resposta a uma infecção, mas é importante dizer que ela não se limita ou acontece apenas proveniente de infecções.

O QUE A INFLAMAÇÃO TEM A VER COM O CRESCIMENTO MUSCULAR?

O treinamento de força induz uma quantidade considerável de inflamação no tecido muscular como resultado do dano às fibras. Esta sinalização  inflamatória é o gatilho para iniciar o reparo e consequentemente o crescimento muscular.

A interleucina-6 (IL-6) é uma molécula de proteína chave neste processo de regulação inflamatória e reparo muscular. Picos de interleucina após o treinamento são extremamente benéficos, porém a concentração desta molécula no corpo não é uma boa ideia. Os altos níveis de IL-6 em repouso indicam inflamação crônica, uma condição geralmente indesejável que causa o efeito contrário ao de reparação e construção muscular. Os altos índices tem sido associado a lesões articulares, baixos níveis de testosterona e uma habilidade prejudicada para ganhar músculo.

Em resumo, quanto mais leunina acumulada em repouso, maior a chance de inflamação crônica e menos ganho de músculo.

Ps: A inflamação crônica pode ser medida através de exame de proteína C reativa elevada.

Os indivíduos que não obtêm ganhos musculares em um programa de treinamento, frequentemente têm seus níveis de inflamação (TNA-a) muito aumentados. Então, se você não está construindo músculo, isso pode ser devido ao excesso de inflamação.

Portanto pode parecer um pouco contraditório e novamente vocês concluírem que inflamação é ruim para tudo, incluindo o crescimento muscular, então precisamos suprimir isso!" No entanto, picos agudos na IL-6 são benéficos para ativar células satélites e iniciar o reparo muscular. Assim, a IL-6 tem uma condição dupla à sua natureza: elevações curtas são boas, mas as longas são prejudiciais. 

Essa natureza dupla da IL-6 não é única. O cortisol funciona da mesma forma quando se trata de perda de gordura: picos curtos e agudos são benéficos para mobilizar energia, no entanto, elevações crônicas do cortisol interferem nas tentativas de perda de gordura. 

APLICAÇÕES PRÁTICAS

1- Não decida por um programa de ganho de massa se o seu percentual de gordura ainda é alto:

Os níveis de inflamação crônica estão fortemente ligados à porcentagem de gordura corporal: quanto mais gordura você tiver, mais inflamação você tem. Tentar ganhar músculos quando você está acima do seu índice ideal de porcentagem de gordura corporal é altamente ineficaz 

2- Não interrompa propositadamente seus sinais de inflamação:

Um número elevado de estudos encontrou efeitos extremamente indesejáveis e prejudiciais em suplementos, antioxidantes ou remédios do tipo anti-inflamatórios em indivíduos que exercitam. Além do impacto no ganho muscular, estes produtos estiveram diretamente associados a uma perda de desempenho considerável.  

Como tal, você precisa se esquecer de tudo o que interrompa seu processo de  inflamação natural (altos picos de IL-6) após os seus treinamentos. Deixe que seu corpo faça o trabalho de reparação.

Muitas multivitaminas e pré-treinos, principalmentes ligados a vitamina C também tiveram seu consumo associado a degradação da reparação muscular. Se você estiver saudável, especialmente com um programa de treinos consistente e uma nutrição adequada, pré-treinos e multivitaminas geralmente têm uma combinação ruim de substâncias e doses sem qualquer tipo de embasamento científico. 

Outra estratégia ruim esteve ligada à terapia a frio para "melhorar" a recuperação, como banhos de gelo. Se você não teve alguma lesão, esta estratégia não é bem vinda, pois elas reprimem a inflamação e consequentemente a melhor recuperação,

CONCLUSÃO: 

A inflamação não é apenas algo ruim que você precisa acabar sempre que possível. A inflamação é uma parte do crescimento muscular e a supressão desnecessária reduz o crescimento muscular.

Por outro lado, níveis inflamatórios crônicos não são bem vindos. O que queremos é uma baixa inflamação crônica combinada com picos agudos provenientes de seus exercícios para a melhor otimização do crescimento muscular.

fonte: inflammation-muscle-growth