Crossfit ou Musculação? Qual escolher?

Crossfit

Com o surgimento do crossfit pelo mundo, veio também a enxurrada de críticas recebidas principalmente com a adesão de novos adeptos. Isto nos fez começar a observar melhor este crescimento, assim como a execução dos seus principais movimentos e dos resultados alcançados pelos praticantes da modalidade. 

Com isto é comum ouvir em nossas rodas de discussão: Afinal de contas, o que é melhor, crossfit ou musculação?

Como nossos seguidores sabem que não gostamos de ficar em cima do muro daremos nossa opinião sem maiores rodeios.

A musculação já é uma modalidade consolidada e se realizada com eficiência e numa escala progressiva produz ótimos efeitos e resultados. O contraponto está no fator que consideramos ser o grande calo da musculação e que o crossfit resolveu com maestria, o fator motivacional! O modelo de musculação praticado atualmente nas academias tem se mostrado ineficaz no quesito psicológico, ou seja, a pouca integração, a pequena variação e o formato são muitas vezes desmotivantes para os praticantes.

O crossfit por sua vez conseguiu trazer uma atmosfera de treino única, onde o desafio e o dinamismo dão a tônica ao treino e transformam uma atividade que para os olhares externos pode ser impossível de ser realizada, em algo gratificante na maioria dos relatos de seus praticantes.

Apesar de ainda pequeno o número de boxes ou espaço para a realização dos treinos de crossfit em comparação com o número de academias espalhadas pelo país, a marca vem ganhando cada vez mais espaço e o Brasil em pouco mais de 03 anos, se tornou recentemente o segundo colocado com maior número de boxes afiliados, ultrapassando Canadá e Austrália e ficando atrás apenas dos Estados Unidos. 

 

CONCLUSÃO 

 

Como nem tudo são flores, a consciência corporal e o cuidado com o movimento que é melhor observado na musculação, nem sempre acontece nos treinos funcionais e de crossfit. Por serem movimentos em sua essência, realizados com pesos livres e feitos em alta intensidade é primordial que aconteça o aprendizado correto do movimento para evitar as lesões e o comprometimento da recuperação muscular.

Pelo conjunto de fatores observados e descritos, entendemos que a questão psicológica é hoje o maior desafio dos profissionais da área fitness, portanto, se tivéssemos que optar ou sugerir um modelo de treinamento, sem dúvida o crossfit estaria um passo à frente, mesmo necessitando de alguns ajustes e correções.

Conforme dito,  a musculação tradicional precisa ser revista, principalmente pelos profissionais da área, caso contrário as academias atuais e o método tradicional estarão fadados à extinção.