Quanto mais eu como, mais ganho Músculo?

Mulher9

Infelizmente ou felizmente, nosso corpo nao funciona como uma matemática tão simples!

É comum muitas pessoas acreditarem neste mito e comerem de maneira excessiva para ganhar músculos e acabam ganhando uma quantidade desproporcional de energia.

Dentre os nutrientes, àqueles que conferem energia ao organismo são 3 macronutrientes, também conhecidos como Carboidrato, Proteína e Gordura. Além de suas funções distintas, todos os 3 disponibilizam calorias ao organismo. Um dos fatores, que fazem aumentar o % de gordura corporal é consumir mais calorias que a demanda energética que seu metabolismo e rotina requerem, e principalmente, de maneira exagerada.

Portanto, como nós do BodyDream temos dito ao longo dos anos e ao contrário do que muitos pregam, caloria importa sim e é de suma importância que ela seja a base para o cálculo de nosso balanço energético”.

Quando o objetivo é ganho de massa muscular, o primeiro processo é o estímulo causado pelo treino. Este estimulo gera uma demanda energética e de nutrientes, para que haja uma recuperação muscular no descanso e todos os mecanismos de hipertrofia (aumento) de massa muscular possam ocorrer de maneira perfeita. Existem duas situações, nesse caso:

  • Quando o individuo gera uma ótima demanda metabólica, mas consome calorias excessivas; 
  • Quando o mesmo consome uma quantidade não tal alta de calorias, porém seu treino está tão fraco que não gera necessidade de tantos nutrientes para uma boa recuperação ou construção muscular.

Em ambos os casos o aumento do % de gordura acontece de forma desbalanceada ao ganho muscular.

Portanto gerar uma boa demanda no treinamento, que pode ser medida através de exames de sangue como a  creatina fosfoquinase (CPK), além de uma dieta bem calculada em calorias e na proporção certa de macronutrientes são passos básicos, de muitos, para chegar aos seus objetivos da maneira correta!